Como organizar: casamento sustentável

Sustentabilidade é uma palavra que ouvimos – e ainda temos ouvido – bastante nos últimos anos. Não é para menos, afinal, a preservação ambiental tornou-se uma preocupação e uma obrigação para todas as pessoas, por isso, é preciso buscar formas cada vez mais inovadoras para preservar nosso planeta – inclusive no casamento, transformando o evento em um casamento sustentável.

Pois é, o conceito de sustentabilidade está conquistando também os noivos. Isto significa que, cada vez mais, fabricantes oferecem produtos em versões sustentáveis e com aceitação crescente do público. As opções são muitas e vão desde convites em papel reciclado a vestidos para daminhas confeccionados com jeans reaproveitado, entre outros.

A primeira coisa é deixar os preconceitos de lado e parar de pensar que casamento sustentável tem a ver com decoração com folhas recolhidas do chão, comer com as mãos ou andar descalço. Mais importante do que isso, ele é, na verdade, uma possibilidade de os noivos conscientizarem os amigos sobre a preservação ambiental, algo que eles defendem e acreditam.

Afinal, como é um casamento amigo do meio ambiente?

E ao contrário do que parece, planejar um casamento que não agrida o meio ambiente não é tão difícil quanto parece e práticas simples podem transformar o evento em um aliado do meio ambiente. Quem opta por fazer o casamento durante o dia, ao ar livre, consegue aproveitar a iluminação natural e economizar energia elétrica, por exemplo. Agora, se os noivos não abrem mão de casar à noite, podem usar velas, de preferência as feitas à base de soja ou cera de abelha, ou ainda usar lâmpadas fluorescentes.

E não se engane, é possível fazer um casamento glamoroso sem prejudicar o meio ambiente. Imagine fazer os convites ou as forminhas dos doces da recepção de papel reciclado com sementes de plantas? Sim, isso já existe e, assim, ao invés de irem para o lixo, eles podem ser plantados.

Nossos noivos sustentáveis

Em 2015 fizemos o casamento da Carla e do Victor, em Vila Velha, nessa proposta ecologicamente correto. A ideia partiu deles, que são biólogos, e deu muito certo. Desse modo, os noivos escolheram peças de artesanato de artesãos locais, ela decidiu por um vestido produzido em Vitória e tiveram o cuidado de selecionar fornecedores locais que se envolvem com a ideia de sustentabilidade.

Outro diferencial do evento foi em relação ao transporte dos convidados, olha que legal: eles calcularam a emissão de carbono emitida por cada convidado que utilizou o transporte aéreo e rodoviário para chegar até a festa e plantaram árvores para anular o efeito deste gás estufa.

“É um legado, são marcas que você deixa nas pessoas ao longo do caminho. Queremos mostrar que dá para ser sustentável e bonito ao mesmo tempo. Se o orçamento é igual ou mais barato do que uma festa de casamento comum, a pergunta é: porque não ser sustentável? O grande diferencial está nas pessoas que estão se envolvendo conosco serem contaminadas pela vontade de viver num mundo mais saudável”, nos disse Carla.

Dicas para um casamento sustentável

Se você se empolgou com a ideia, separamos dicas ótimas para ter um casamento ecologicamente sustentável:

– Convide apenas o número necessário de pessoas. Sabemos que os noivos querem ter por perto gente querida e receber muito carinho neste dia, mas é fundamental pensar também nos custos e desperdícios do evento;

– Os convites podem ser confeccionados com papel reciclado;

– Analise a necessidade de cada item comprado e verifique quais podem ser reutilizados após o casamento;

– Sobre o vestido de noiva, é bom avaliar a necessidade de comprar um para deixá-lo guardado depois. Em alguns casos, alugar é a melhor opção, por exemplo. Também é possível reformar o vestido usado pela mãe ou avó dela para utilizá-lo neste dia especial, dando um significado ainda mais pessoal ao traje, ou optar por tecidos como algodão orgânico;

– A escolha do local também é um fator importante para a sustentabilidade do evento. Os noivos podem disponibilizar meios de transporte alternativos para a ida até o casamento;

– Priorize lugares que reutilizam vidros e madeiras e ambientes com jardins. Dê preferência para flores que estão em época de cultivo na decoração ou flores plantadas;

– No cardápio da recepção, evite exageros e prefira alimentos de origem local e produtos frescos e orgânicos, que são mais saudáveis e sustentáveis;

– Guardanapos e toalhas de papel do banheiro podem ser feitos com papel reciclado, mas, se possível, opte pelos de pano;

– Fornecedores locais são mais baratos e não precisam usar muito transporte. Isso evita o consumo de combustível e a emissão de gases causadores do efeito estufa;

– Na hora de contratar o buffet, observe se eles optam por materiais de limpeza biodegradáveis e separam o lixo. Alguns também doam a comida que sobrar para instituições de caridade. Quanto menos material descartável, melhor para o meio ambiente;

 – Sementes ou mudas de plantas e ecobags personalizadas são uma excelente opção de lembrancinha para os convidados de um casamento sustentável.​

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *