Dicas

Segundo Casamento

Tenho tido experiências com casais que se casam pela segunda vez. E eles têm me questionado sobre diversos elementos de um casamento: véu, cores, músicas, tendências e outros itens. Eles têm medo de pecar ou até mesmo de serem criticados por estar fazendo um novo casamento.

A vida passa, as coisas mudam e todo mundo merece ser feliz. Dessa forma, me arrisco a dar algumas dicas que podem ser úteis:

1) Celebrante: Podem escolher um pastor, juiz de paz, amigo da família que fala bem em público. O importante nesse momento é ressaltar a história do casal e levar toda a emoção que rege o momento.

2) Estilo da recepção: Sugiro para essas ocasiões os mini weddings, que são mais restritos e possuem em menores proporções (mas não menos lindas) todos os itens que existem em um casamento. Normalmente são voltadas para convidados mais íntimos do casal.

3) Filhos: Caso o casal já possua filhos, eles podem e devem fazer parte do cortejo, entrando com os pais por exemplo. Em caso de convites, fica muito bacana quando eles convidam para a cerimônia.

4) Crianças: Nesse caso, a presença de crianças costuma ser maior que o comum. Seria interessante investir em um espaço para distraí-las ou até mesmo mesas reservadas a elas. Elas se interagem e curtem bem a festa.

5) Lista de presentes: Normalmente, já possuem a casa montada. Sugere-se a famosa cota de lua-de-mel. Os convidados presenteiam com o que mais será útil aos noivos.

6) Noiva: Ela continua sendo noiva. Pode usar branco ou off white. Pode ser um tecido mais leve com caimento mais elegante e o véu torna-se opcional.

7) Profissionais: Todos os profissionais envolvidos em um casamento também o será aqui: foto, filmagem, doces, músicos, enfim, escolha quem mais agrada e se identifica com o casal.

Enfim, normalmente são casais com outras prioridades, vale a pena investir em itens que tenha a cara do casal e eliminar tudo que não os agrada. O que vale é ser feliz. “É impossível ser feliz sozinho”.

Índice