Tudo o que você precisa saber sobre casamento ao ar livre

Tão certo quanto saber que tudo isso que estamos vivendo vai passar, é perceber que a era pós-pandemia vai deixar alguns hábitos que ainda irão nos acompanhar durante um bom tempo, como a companhia constante do álcool em gel e o distanciamento social. Mas isso não significa o fim, pelo contrário! Pode ser uma possibilidade que talvez você ainda nem tivesse pensado, mas que é bem legal. É o caso do casamento ao ar livre, por exemplo!

Em uma cerimônia realizada ao ar livre, os convidados vão dispor de bastante espaço e circulação de ar, reduzindo drasticamente a aglomeração em comparação a um espaço fechado. Esse tipo de cerimônia ainda permite um contato mais próximo com a natureza e um clima mais descontraído.

 

Na hora de começar a organizar seu casamento ao ar livre, é preciso ter em conta o imprevisto mais previsível da mãe natureza: a chuva. Por isso, é importante fugir dos meses mais chuvosos do ano (aqui no Espírito Santo, geralmente de dezembro a março).

As melhores datas para casar ao ar livre são durante a primavera ou o outono, sendo outubro, novembro, abril, maio e setembro os meses mais indicados. Já o horário pode ser qualquer um, de manhã, à tarde, à noite ou até de madrugada, para acompanhar o nascer do sol.

Agora chega de conversa e vamos para a parte prática para organizar o casamento ao ar livre dos sonhos, né? Prepara já a pastinha de inspiração porque o que não falta nesse artigo são ideias!

Como organizar um casamento ao ar livre

Local

O primeiro passo na escolha do casamento ao ar livre é decidir o local. Acredite, as opções são muitas! Praia ou campo? Jardim de casa ou à beira de uma cascata? O lugar perfeito, como em tudo no casamento, é aquele que combina mais com o casal.

Alguns cerimoniais possuem espaço aberto e toda a estrutura necessária para acomodar a comida e o conforto dos convidados, bem como um espaço apropriado para a cerimônia caso a chuva ou o vento forte resolvam dar as caras. Isso pode poupar muito trabalho durante os preparativos.

Se o seu lugar dos sonhos para casar for em meio à natureza, vale a pena ter à mão um plano B, como tendas. E se o lugar for mais afastado da cidade, que tal investir em pousadas ou hospedagens que ofereçam o espaço ao ar livre e a hospedagem para os convidados? Aí já dá até para estender o casamento para um destination wedding durante todo o fim de semana. Duvido que alguém não goste!

E só para concluir: casamentos na praia precisam de uma autorização prévia da prefeitura da cidade ou do órgão responsável pela gestão ambiental do local. Alguns hotéis à beira mar que fazem casamentos já entendem dessa burocracia e podem acertar todos os detalhes com o cerimonial.

Transporte

Por falar em distância, é preciso pensar também no transporte dos móveis e cadeiras que farão parte da cerimônia. Contratar empresas especializadas nesse serviço pode pesar mais no orçamento do casamento. É um fator que precisa ser levado em conta durante os preparativos caso a escolha não envolva um espaço preparado para receber eventos.

Horário

Se tem uma coisa que casamento ao ar livre não tem restrição é o horário. Vale de manhã, à tarde, à noite ou até de madrugada (Alok está aí para provar, né?). O nascer ou por do sol fornecem um dos cenários mais lindos para casamento ao ar livre.

O mais importante na escolha do horário é definir um cardápio que seja adequado ao momento. Se o casamento for pela manhã, vale apostar em um buffet para brunch, que mistura opções do café da manhã e do almoço, por exemplo. Festas no fim da tarde ou noite podem ter um cardápio mais fino.

Decoração

Se sua cerimônia é ao ar livre, fica subentendido que a natureza é o cenário que merece destaque, por isso, toda a decoração deve ser pensada de modo a valorizar o espaço.

É comum casamento ao ar livre seguir o estilo rústico, boho, folk, minimalista ou vintage, mas nada impede uma decoração mais clássica, se esse for o desejo dos noivos. O importante é que todos os elementos conversem entre si e estejam integrados na mesma proposta.

Se o casamento for durante o dia, não há grandes mistérios na iluminação, mas cerimônias realizadas durante tarde e noite vão pedir uma iluminação mais elaborada, afinal você não quer os convidados esbarrando entre eles ou na decoração e fotos escuras.

Converse com a equipe de iluminação para valorizar os pontos fortes do espaço e manter todo o ambiente com uma visualização agradável. E não deixe de fora os varais de luzes, eles são peças charmosas e praticamente indispensáveis em casamentos ao ar livre.

Melhor optar por velas artificiais na decoração, ou seu casamento correrá um sério risco de pegar fogo. Literalmente.

Comida

Especialmente se o casamento for realizado no verão, é preciso ter atenção redobrada aos alimentos. Proteja a comida das folhas, poeiras e insetos que são presença confirmada nos eventos ao ar livre e evite deixá-la exposta por muito tempo ao calor.

E se a natureza é tão importante para os noivos a ponto de eles decidirem se casar nela, vamos ter cuidado para que nada seja danificado durante a festa. Espalhe vários pontos de recolha de lixo, de preferência com indicações de coleta seletiva.

Durante o casamento, os noivos podem deixar indicações em tags espalhadas para que os convidados vejam rapidamente como fazer a separação do lixo. Acredite, é mais simples do que parece e todos saem ganhando, principalmente a mãe natureza.

Converse com seu serviço de buffet para que eles também façam a separação dos resíduos e distribua a comida de modo a evitar desperdícios.

Veja também: Como organizar um ecowedding, o casamento amigo da natureza.

Code dress

Casamentos ao ar livre já são naturalmente mais descontraídos, por isso é melhor deixar os ternos e gravatas no guarda-roupa. No caso dos vestidos de noiva, modelos leves e fluidos combinam perfeitamente com a proposta. Seda, organza, tule italiano, chiffon e a amada renda são ótimas escolhas, sempre apostando na pegada do “menos é mais” e deixando exageros de fora.

Noivos de casamentos ao ar livre ficam um charme com suspensório e trajes em tons pasteis ou claros. O cuidado extra tanto para noiva quanto para as convidadas é em relação aos sapatos. A preferência deve ser peças rasteiras ou com salto grosso.

Aprendeu tudo sobre casamento ao ar livre? Então partiu organizar o seu. Qualquer dúvida, só me chamar por aqui. Não esqueça de conferir nosso Instagram, com várias outras dicas incríveis sobre o mundo dos casamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *